Siga a Foz:
contato@aguafoz.com.br
R. Visc. do Rio Branco, 569

Slide a

AQUÍFERO GUARANI

Do Brasil para o Mundo

O Aquífero Guarani foi o nome que, em 1996, o geólogo uruguaio Danilo Anton propôs para denominar um imenso aquífero que abrange partes dos territórios de Uruguai, Argentina, Paraguai e principalmente Brasil, ocupando 1.200.000 km². Na ocasião, ele chegou a ser considerado o maior do mundo, capaz de abastecer a população brasileira por 2.500 anos.

 

O aquífero corresponde a uma sucessão de camadas de arenito, intercaladas com camadas mais argilosas, em forma de lente. Desse modo, podemos considerar o Aquífero Guarani, um Sistema Aquífero Guarani. Suas camadas não são todas originadas de dunas de um antigo deserto, como as do Arenito Botucatu, e sim de intercalações de camadas com diferentes origens e permeabilidades.

 

O aquífero Guarani abastece 200 municípios só no estado de São Paulo com água que absorve da chuva, limpa e potável. É considerado uma das maiores reservas de água subterrânea do mundo e a maior da América do Sul. A sede da FOZ fica na cidade de Botucatu, a 235 km de São Paulo e está localizada na borda do chamado Aquífero Guarani. Talvez uma coincidência, talvez o destino, foi na cidade de Botucatu que tudo começou tanto para o Aquífero Guarani, como para a FOZ.